sexta-feira, 27 de abril de 2012

ESPECIAL DIA DAS MÃES

 São Geraldo (Padroeiro das Mães)

Ó São Geraldo, nós nos alegramos pela felicidade de vossa glória. Nós bendizemos a Deus pelos dons sublimes de vossa graça a vós dispensados com tanta largueza. Nós vos felicitamos por haverdes correspondido fielmente a tanta bondade do Senhor.
Ó São Geraldo, ajudai-nos a imitar vossa fidelidade à Vontade divina: vosso amor a Jesus Sacramentado: vossa devoção singular a Maria Santíssima; vosso espírito de penitência; a pureza de vossa vida e, enfim, vossa grande caridade para com os pobres, para com as mães e para com os mais abandonados.
Ó São Geraldo, socorrei-nos em todas as nossas precisões espirituais e materiais. Alcançai-nos uma piedosa conformidade nas agruras, doenças e sofrimentos da vida. Abençoai as mães, de quem sois o especial padroeiro. Protegei nossa paróquia. Alcançai-nos de Deus muitas vocações sacerdotais e religiosas. Orai pela Igreja de Jesus Cristo e pelo Santo Padre, o Papa.
São Geraldo, nosso padroeiro, rogai por nós. Amém.









Novena das Mães

Oração para todos os dias


Senhor Jesus que experimentaste a alegria e o conforto de ter uma Mãe aqui na Terra e no momento da cruz no-la deu por mãe. Obrigado Senhor.
Clamamos à Tua mãe nesse momento para que abençoe a todas as mães...

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, nós queremos oferecer nossas mães e consagrá-las, por isso receba-as no Teu manto materno...
(Diga o nome da sua mãe)...
Que as mães biológicas, uma vez tendo gerado a vida, se empenhem em gerar para a graça. Que as mães do coração possam compreender, aceitar e educar os filhos na fé de Deus e da Igreja. Pedimos também Mãe, pelas mulheres que desejam a gravidez e o dom da maternidade. Dai-lhes a graça do dom da vida.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, fazei com que as mães a tomem como exemplo de dedicação, amor e zelo na educação dos filhos.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, abençoai e santificai as mães aqui na Terra trazendo saúde, paz, serenidade na tribulação, discernimento nos ensinamentos e testemunhos de fé.

Nossa Senhora, Mãe de todas as mães, para aquelas que já partiram pedimos, através de Teu filho por elas: que tenham o descanso eterno e a luz perpétua.

Amém.















Oração de cura para as mães

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém.
Obrigada meu Deus pelo dom de ser mãe, colaborar contigo na criação.
Gerar a vida é dom sublime que não se explica muito, se vive.
E neste dia ofereço a minha oração aos céus porque assumo com todas as forças e por mais desafiante que seja a tão importante missão divina: ser mãe.
Obrigada Senhor pelo dom de ser mulher, por depositar em mim toda a capacidade natural de formar, gerar, criar, educar, amar.
Obrigada meu Deus por me acolher como filha e me compreender nos processos que vivo que muitas vezesnem eu mesma me entendo.
Obrigada por ser paciente quando eu erro, quando sou difícil, quando reclamo e até mesmo desanimo.
Sim, antes de ser mãe, antes de colaborar contigo no plano da criação, sou tua filha e às vezes me esqueçoque preciso de cuidados.
Tu me amas Senhor e eu sei, reconheço que tu me amas e ninguém nesta vida tem mais amor por mimque o Senhor.
Envolva-me com este amor neste dia e cura-me, renova as minhas forças para que eu possa recomeçar.
Cura as feridas deixadas pela maternidade, desde o momento que descobri que estava grávida.
Leva-me a compreender que era mais vontade tua do que minha a vida desta criança e por isso a responsabilidade por viver bem aquele tempo.
Todas as dificuldades da gestação sejam agora mergulhadas na tua misericórdia.
As reações físicas, próprias da gravidez, a mudança do corpo e as rejeições que neste tempo surgiram.
As dificuldades de relacionamento com o pai da criança e outras pessoas, que muitas vezes não entenderam a minha real necessidade.
Cure Senhor as marcas do medo e da ansiedade de cada exame que fiz.
Cura-me Senhor dos traumas das possíveis doenças que afligiram a mim e ao meu bebê no tempo da gravidez,cura-me dos medos que tinha de saber que ele não era perfeito ou de perdê-lo, podes voltar no passado por que és o Senhor do tempo e curar estas feridas.
(Não tenha medo se estão vindo lembranças dolorosas, destas lembranças Jesus é o Senhor e a cura é certa para
todas elas.)
Te apresento Senhor aquele abençoado dia, o dia do nascimento, os sentimentos confusos que vieram, a euforia ou o medo de não saber lidar com a situação, a ansiedade, cura Senhor.
Equilibra o psicológico se houve exageros, e diante da depressão pós parto e todo o sentimento de culpa que eu trago até hoje eu lhe peço Senhor uma libertação completa.
Cura-me no período da amamentação, o sentimento de frustração de não conseguir amamentar,das dores no peito, as feridas, dá-me a graça de perdoar as pessoas que me julgaram neste tempo, me pressionaram, me rejeitaram, me perseguiram, eu perdôo Senhor cada uma e faço isso somente pela tua graça.
Te louvo pelo crescimento do meu filho (a), posso contemplar em cada fase o milagre da vida, a inteligência, as emoções, as primeiras palavras, a capacidade de se comunicar, quanta beleza Senhor, muito obrigada.
São muitos os motivos que tenho para louvar-Te…
(Louve o Senhor por tudo de bom que você viveu com o seu filho na infância, lembre-se de fatos marcantes que te encheram de alegria).
Peço que o Senhor mergulhe na tua misericórdia os momentos que me desesperei quando vi meu filho (a) doente, quando ele (a) caiu, quando fizeram alguma maldade a ele (a), eu me senti impotente Senhor, me senti incapaz, culpada.
Me ajude, pois isso me marcou e a partir desse dia não consegui me levantar novamente.
Com tua mão, põe-me de pé Senhor, eu preciso.
Peço perdão meu Deus pela minha ausência na vida do meu filho (a), pelas vezes que ele (a) precisou de mime eu não estava presente, pelas vezes que ele (a) queria minha atenção, que ele (a) queria brincar, conversar, sair comigo e eu não estava lá ou fui indiferente, Tu sabes Senhor os motivos porque agi assim, sabes que muitas vezes estava trabalhando para dar o melhor para ele (a), porém hoje eu sei que tudo isso é passageiro e o maisimportante é a qualidade de presença, o mais importante é ser presença e era isso que ele (a) precisava.
Aproveito então para rezar por… (diga o nome de seu filho (a) e pedir que o Senhor visite-o onde quer que ele esteja neste momento e encha com a tua presença, com o Teu amor, com o Teu Espírito,para que todo o vazio que gerou carência dentro dele (a) sejam agora preenchidos por Ti.
Não importa a idade que ele tenha, é o meu filho (a), e todo o amor que ele precisava e eu não dei que ele (a) possa sentir agora.
Como o vento que leva as mais pequeninas sementes leve esta semente Senhor ao coração do meu filho (a), leve o meu amor a ele (a) e dá-me a graça de neste dia manifestar a minha alegria de ser mãe a ele (a), pois mais do que eu ele (a) precisa deste gesto.
“Não basta que nossos filhos saibam do amor que temos por eles, eles precisam sentir esse amor”. (Dom Bosco)
Por fim lhe peço Senhor:
batiza-me, lava-me e encha-me do Teu Espírito, dá-me a graça de recomeçar e louvar, louvar, louvar por que me
escolheste para ser mãe!
Amém. Aleluia!
Fonte: Eliana Ribeiro – Comunidade Canção Nova




SANTA ZITA


27 de abril é o dia da empregada doméstica.  
Santa Zita é a padroeira das domésticas. Ela nasceu na Itália, no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa. Começou a trabalhar como doméstica aos 12 anos de idade.
Simples, sem estudos e cultura, Zita consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples. Santa Zita, com vinte anos, foi trabalhar numa família nobre e lá, não deixou de participar, todas as manhãs, da Santa Missa. Ela ajudava aos pobres e visitava os doentes nos tempos de folga, conquistando a admiração dos patrões. Conta a lenda que, certa vez, os demais empregados da casa encontraram um anjo fazendo os pães e outro lavando a roupa, no lugar de Santa Zita, que atendia a um pobre doente a porta da casa. Santa Zita foi canonizada em 1696 e é a padroeira das empregadas domésticas e na arte litúrgica da Igreja é mostrada com um saco, pedaços de pão e um rosário ou ainda atendendo a um pedinte a porta de casa.
                                                                                                                        Oração à Santa Zita:

Ó Santa Zita, que no humilde trabalho doméstico soubestes ser solícita como foi Marta, quando servia Jesus, em Betânia, e piedosa como Maria Madalena, aos pés do mesmo Jesus, ajudai-me a suportar com ânimo e paciência todos os sacrifícios que me impõem os meus trabalhos domésticos: ajudai-me a tratar as pessoas da família que sirvo como se fossem meus irmãos. Ó Deus, recebei o meu trabalho, o meu cansaço e minhas tribulações, e pela intercessão de Santa Zita, dai-me forças para cumprir sempre meus deveres, para merecer o reconhecimento dos que sirvo e a recompensa eterna no céu. Santa Zita, ajudai-me. Amém.

FONTE:Alexandre Ferreira - Dá um sorriso pra mim!