quinta-feira, 19 de janeiro de 2012




 



São Sebastião
S. Sebastião foi um dos muitos soldados romanos que por sua fé em Jesus foi martirizado. É uma pena que só se pode saber de sua história através das atas de seu martírio que foram escritas dois séculos mais tarde. Em quase todas as atas de martírios de santos e santas, os escribas tinham ordens de colocarem muitos detalhes do martírio e dar pouca ênfase ao martirizado.(isto era para assustar os futuros cristãos visto que as atas eram colocadas na cidade onde ocorria o martírio, e na biblioteca de Roma).
Um soldado do exército, nosso santo nasceu em Narbona, França, no final do seculo III e desde muito pequeno seus pais mudadaram para a Milao onde cresceu e foi educado. Seu pai era millitar e nobre e ele quiz seguir a carreira do pai, chegando a ser capitão da primeira corte de guarda pretoriana, um cargo que só se dava a pessoas ilustres e corretas. Sua dedicação a sua carreira valeu elogios de seus companheiros e principalmente do imperador Maximiano. Cumpre recordar que o império romano na época era governado no, oriente por Diocleciano e no ocidente por Maximiano. Maximiano ignorava que Sebastião era um cristão de coração e ainda que mesmo cumprindo as suas tarefas militares, não tomava parte nos sacrifícios nem nos atos de idolatria. Sempre que podia, visitava os cristãos encarcerados e ajudava aos mais fracos, doentes e necessitados.
Podia se dizer que era um soldado dos dois exércitos: o de Cristo e o de Roma.
Maximiano empreendeu uma depuração de elementos cristãos nas forças armadas expulsando todos os cristãos de seus exércitos. Cabe dizer que o soldado do exercito romano era voluntário. Só era obrigatório servir, os filhos de militares, como era o caso do nosso Sebastião. Quando um soldado o denunciou. Maximiano sentiu-se traído por Sebastião e rapidamente o chamou e exigiu que renunciasse ao cristianismo.
Ante tal situação, Sebastião comunicou ao imperador que não queria renunciar as suas crenças cristãs e o imperador ordenou a sua morte. Mas Maximiano ordenou a sua morte de maneira a mais desumana. Ordenou que seus melhores arqueiros o flechassem! Os arqueiros o desnudaram, levaram-no ao estádio de Palatino, o ataram a um poste e lançaram nele uma chuva de flechas e o abandonaram para sangrar até a morte.
Irene, uma mulher cristã, providencial, que apreciava os conselhos de Sebastião, junto com um grupo de amigos, foram ao local onde estava o santo, e com assombro, comprovaram que o mesmo ainda estava vivo.
O desamarraram e Irene o escondeu em sua própria casa e curou as suas feridas. Passado um tempo, nosso querido santo, já curado, quiz continuar seu processo de evangelização e, em vez de se esconder, com valentia apresentou-se de novo a Maximiano, o qual ficou assombrado. Maximiano não deu ouvidos os pedidos de Sebastião para que deixasse de perseguir aos cristãos e ordenou a seus soldados que o açoitassem até a morte.
Outra versão conta que ele  foi morto a pauladas e boladas de chumbo em 303DC e o Imperador ordenou que ele fosse jogado em um fossa de modo que os cristãos não o encontrassem.
Mas mais tarde Sebastião apareceu para uma cristã chamada Lucina e disse a ela :" em certo poço você me encontrará pendurado por um gancho e você deve me enterrar nas  catacumbas dos apóstolos".
Na mesma noite ela e seus servos fizeram o que Sebastião ordenou.
Alguns autores dizem que Lucina o enterrou no jardim de sua casa que ficava situado na Via Apia onde está hoje sua Basílica.
Ele foi martirizado no ano de 287 DC.

Mais tarde a Igreja  construiu na parte posterior da catacumba um templo em honra do santo: A Basílica de São Sebastião que lá existe até hoje e recebe grande romaria dos seus devotos. Existe ainda uma capela em Palatino em homenagem a São Sebastião.Em baixo uma foto de uma pintura (Museu de Pushkin) mostrando Irene curando as feridas de São Sebastião.
A Irene que cuidou de São Sebastião, é a Santa Irene cuja festa é celebrada no dia 30 de março.
Sua festa é celebrada no dia 20 de janeiro.
No Brasil, varias cidades tem seu nome como São Sebastião do Paraíso e São Sebastião dos Franciscos (Capitólio-MG)e nelas a igreja matriz tem o seu nome.
Algumas outras cidades com o nome e padroeiro São Sebastião:
São Sebastião do Barreiro-São Sebastião do Carangola
São Sebastião do Dionísio- São Sebastião do Engenho Novo
São Sebastião do Erval- São Sebastião do Gil- São Sebastião do Grota
São Sebastião do Itatiaiuçu-São Sebastião do Monte Verde
São Sebastião do Óculo-São Sebastião do Oeste-São Sebastião de Paraúna
São Sebastião do Pouso Alegre-São Sebastião do Rio Preto
São Sebastião do Rio Verde- São Sebastião do Rio de Janeiro


Oração a São Sebastião
Deus onipotente, que conheceis a nossa enfermidade, fraqueza, agonia ,ânsia e tribulações desta vida, fazei que a todos nos valha a intercessão de São Sebastião seu glorioso mártir e protetor dos cristãos.
São Sebastião, meu intercessor ,vós que sofrestes os ferimentos e recebestes no corpo as flechas da indiferença e da vingança ,sofrendo vil e infamante processo, pela gloria de Nosso Senhor Jesus Cristo, dignai-vos a interceder para que possa obter do Altíssimo a graça de (citar aqui a graça desejada), e ainda a graça da salvação da minha alma para vossa maior gloria.
Honra e gloria vos renderei em todos os dias de minha vida Amem.
Oração a São Sebastião II
(Contra peste e contágio de doenças)
Onipotente e eterno Deus, que pelos merecimentos de São Sebastião ,vosso glorioso mártir, livrastes os vossos fieis de doenças contagiosas, atendei as minhas súplicas para que, recorrendo agora da nossa necessidade a vós , afim de alcançar semelhante favor ,mereçamos , por sua valiosa intercessão , sermos livres do flagelo da peste e de toda moléstia do corpo e da alma.
Por Jesus Cristo, Senhor Nosso, Amém.
Fonte:http://www.cademeusanto.com.br 


Novena de São Sebastião

Oração para todos os dias



São Sebastião, Rogai por Nós!
São Sebastião, Rogai por Nós!
São Sebastião, Rogai por Nós!
Oh!  Glorioso Mártir São Sebastião, vós que derramastes vosso sangue, e destes vossa vida  em testemunho da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.
Oh!  Glorioso Mártir São Sebastião, alcançai deste mesmo Senhor, a graça de sermos vencedores dos nossos verdadeiros inimigos: o ter, o poder e o prazer.
Oh!  Glorioso Mártir São Sebastião, protegei com a vossa intercessão, livrai-nos de todo o mal, de toda a epidemia corporal, moral e espiritual. Fazei que se convertam para Jesus aqueles que se perderam na fé, ajudai que o justo persevere até o fim na fé.
Oh! Deus e eterno, que pela intercessão de São Sebastião Vosso Glorioso Mártir, encorajastes os cristãos encarcerados e livrastes cidades inteiras do contágio da peste.
Atendei hoje, nossas súplicas que confiantes vos apresentamos.
Socorrei-nos em nossas necessidades, alivie-nos nas nossas angústias, livre-nos das enchentes, proteja os agricultores, guarde as lavouras.
Pedimos também: Oh! Glorioso São Sebastião, curai os doentes e livrai-nos do contágio. 
São Sebastião,  jovem discípulo de Jesus, Rogai por Nós!
São Sebastião,  jovem discípulo de Jesus, Rogai por Nós!
São Sebastião,  jovem discípulo de Jesus, Rogai por Nós!
Amém.
Fonte:http://www.padrereginaldomanzotti.org.br

 












ORAÇÕES



                                              

 

                               Oração da faxina




Maria, muitas vezes, deves ter feito faxina em tua casa, faze, hoje, uma limpeza geral dentro de mim.
Retira da minha mente as “fichas, cadernos, bilhetes”, onde anotei autocondenações, pecados, traumas, nome de pessoas que ofenderam A mim, meus familiares e meus antepassados.
Retira também os registros de coisas ruins feitas por meus pais, colegas, filhos, cônjuge, vizinhos, sogros, adversários, professores, que guardei até hoje.
Eu os havia guardados para usá-los como prova contra eles. Agora, que os perdoei e os declarei inocentes, tudo isso não tem mais valor, só me incomodam e perturbam.
Peço-te Maria, faze uma limpeza geral.
Aspira, lava e queima tudo que há de ruim dentro de mim.
Tira “o lixo produzido pelos presos”, que eu, meus familiares e antepassados encarceramos pela falta de perdão. Maria retira as conseqüências dos nossos pecados e contaminações espirituais que estocamos.
Hoje, em nome de Jesus, no poder do seu sangue e do seu espírito, eu renuncio a tudo isto. Mando embora e ordeno que estas forças espirituais do mal nunca mais voltem a entrar em mim. Eu quebro todos  os laço espirituais, pragas e maldições, invocações de mortos e espíritos maus, que eu,  ou qualquer membro de minha família e de meus antepassados, tenham feito.eu renuncio a tudo e proclamo o senhorio de Jesus em minha vida e na vida de cada um da minha família e de meus antepassados, tenham feito.
Eu renuncio a tudo e proclamo o senhor de Jesus em minha vida e na vida de cada um da minha família. Maria passa o teu perfume em meu coração, inteligência, imaginação, sentimentos, feridas e traumas. Rompe toda cadeia do mal vinda do meus antepassados  e escravidões do inimigo. Enche-me com a liberdade e o perfume do teu Espírito Santo. Amem.
(do livro, Quanto pior for à pessoa com quem você vive melhor para você.)
Fonte:http://franciscoisidoro.blogspot.com.br/2011/12/oracao-da-faxina.html










Benção Para a Casa
Que nos abençoe e proteja o Onipotente e Misericordioso Deus Pai, Filho e Espírito Santo.
Ó Dulcíssimo Senhor Jesus Cristo, poderosíssimo Rei do Céu e da Terra, Filho de Davi, Jesus de Nazaré, crucificado por nós, Filho de Deus vivo,compadecei-vos desta casa, protegei os seus habitantes.
Que a Vossa Divina Benção os acompanhe, que o Espírito Santo ilumine os seus pensamentos e que o seu poder aja por eles em toda parte.
Tudo o que se encontra nesta casa os que nela entram os que dela saem que a Santíssima Trindade abençoe e preserve do mal para que nenhuma desgraça se aproxime deles.
O Santíssimo nome de Jesus esteja nesta casa dando-lhe a Sua paz.
A Virgem Maria a cubra com seu manto materno.
Os Santos Evangelistas a torne firme e a fortifique
A Cruz de Cristo cubra esta casa.
A Coroa de Cristo seja a sua fortaleza.
Jesus, Maria, São José e todos os nossos Santos padroeiros e Vós Santos Anjos da Guarda, intercedei por nós ao Deus Uno e Trino para que guarde esta casa contra raios, fogo, tempestade, inundações, assaltos, escândalos, incredulidade, heresias e toda e qualquer desgraça que ameaça prejudicar a alma e o corpo.
Que nos ajudem Deus Pai, Filho e Espírito Santo.
Vinde Espírito, vinde por meio da Poderosa Intercessão do Imaculado Coração de Maria, Vossa amadíssima esposa.
Vinde e renovai a minha família. (3x)
Jesus quero proclamar – Te Rei e Senhor do meu coração e do meu lar.
Vem Senhor Jesus, reinar em meu coração e no coração de minha família também, e de modo tão forte e real que nossa casa transpareça Tua presença até mesmo nos detalhes.
E, por favor, que isso seja usado pelo Espírito Santo para regar com Tua presença o coração dos filhos que me deste, para a Glória do Pai.
Amém. 





Anjo aparece em foto tirada dentro de igreja de Maringá




Padre Roberto Lettieri

Pe-Ro01
O Senhor disse a São Francisco de Assis: "Vai e reconstrói a minha Igreja".
Nas comunidades em que vocês vivem, as pessoas precisam encontrar Jesus, esse é o fundamento do Cristianismo. Este momento nos é dado de forma especial durante o mistério da Santa Missa. A Celebração Eucarística é a ação de Cristo, por isso, quem fala, quem prega e anuncia é o Senhor Jesus.
E por que temos tanta dificuldade em crer? Porque, muitas vezes, falta a nós, padres, a experiência, o encontro pessoal com Jesus. Nós precisamos – com toda humildade – aprender com os grandes santos, (muitos dos quais ainda não foram canonizados), os quais podem nos dar grandes exemplos.
Quantas comunidades paroquiais estão lhes dando cursos que não têm fundamentos cristãos. Precisamos levar as pessoas a adorar Jesus no véu do Sacramento, levá-las a ter um encontro pessoal com o Senhor. Hoje, há certas técnicas de oração que não são corretas. Muitos são os que nos dão o verdadeiro ensinamento, do qual tantos católicos precisam hoje. Por essa razão, o nosso Santo Padre o Papa nos pediu várias vezes que estudássemos o Catecismo da Igreja Católica (CIC). Ele nos disse também algumas vezes que nossas devoções populares têm de ser purificadas, pois, muitas vezes, não nos levam ao verdadeiro sentido, mas sim, a um interesse pelo valor material, e a uma verdadeira idolatria. Pois se em uma comunidade não se adora a Jesus Sacramentado, mas se faz a devoção aos santos, isso já é uma idolatria. Por isso, é preciso uma grande purificação em nossa devoção popular. Para dizer que, por excelência, somos adoradores do Sangue de Jesus. “Minha carne é verdadeiramente uma comida, e meu sangue, verdadeiramente bebida.”
 
Se você tem amor aos santos da nossa Igreja, é bom, mas nossa missão principal é a de conhecer a vida deles para saber de que modo eles deram a vida por Jesus Cristo. Vocês iriam ficar admirados em saber o que eles escreveram sobre a Igreja. A devoção popular não pode levar você a rezar somente em casa, mas tem que o levar a adorar Jesus na celebração da Santa Missa. Devoção popular não purificada não segura mais nenhum católico na Igreja.
Nós estamos vivendo tempos muito difíceis, a graça alcançada não quer dizer a santidade da sua vida, ou seja, seu amor à Igreja e a Jesus Cristo. Às vezes, você assiste a uma Celebração Eucarística pela televisão, mas não deve deixar de participar delas pessoalmente. Ao entrar na igreja, nosso primeiro ato de adoração é a genuflexão [dobrar os joelhos, ajoelhar-se], que é um ato de adoração a Jesus que está presente.
A Santa Missa é o fundamento de tudo, é o momento extraordinário de comungar a Deus, de apresentar tudo a Ele: suas dores, dúvidas, etc.
Pe-Ro02
A primeira maneira de nos manifestarmos é tendo uma postura correta. Como batizados, nós temos o direito e o dever de falar a verdade da Igreja, não o que nós pensamos. Talvez você não tenha a dor de ouvir de pais que dizem: “Meu filho se tornou um alcoólatra por causa das festas na sua Paróquia”.
Filhos e filhas, hoje, vivemos um momento histórico em nossa Igreja, que exige muito de nós. A Palavra de Deus e o mistério da Santa Missa têm de ser divulgados, e o acolhimento nas comunidades é fundamental, pois quanto mais temos o coração fechado para receber as pessoas, tanto mais os protestantes abrem as portas para acolher aqueles a quem nós não queremos receber.

Você precisa amar a Igreja, precisa amar os sacerdotes, nem que você seja para eles, muitas vezes, um sinal de contradição, porque o amor é a verdade. Também sei que em muitas situações é muito mais fácil a acomodação. Mas essa luta pela verdade de nosso ser adorador, hoje, é fundamental neste caminho de santidade. Lutem pela verdade e mostrem com a própria vida, que vocês são adoradores de Jesus, e que vocês rezam em casa, mas ir encontrar Nosso Senhor na Eucaristia para vocês é o essencial. E tudo isso, vivendo o perdão, a misericórdia, com o coração sempre livre, amando e adorando Jesus. Adorando a Deus no Sacramento, seja sal da terra e luz do mundo e não tenham medo de abrir o coração ao mistério de Deus e ao mistério da Igreja. Sejam conhecedores da Doutrina da verdade.
Sejam sinal na vida de todos, levem-nos à verdade e ao conhecimento de Jesus. É o Corpo de Jesus presente na vida, em Corpo, Sangue, Alma e Divindade. Mas isso não significa que apenas ao comer o pão, ficamos cheios do Espírito, mas sim, na comunhão com Jesus. É o Senhor – que na aparência de Pão – se faz presente verdadeiramente em Corpo e Sangue. É a Carne d’Ele verdadeiramente comida e o Sangue, verdadeiramente bebida. Eis a razão pela qual nosso coração precisa ser doutrinado, repleto de sabedoria de Deus. Não uma sabedoria humana, mas vinda do próprio Deus.
O Senhor precisa voltar ao centro do nosso coração. A Santa Missa é o centro da vida do cristão. Do contrário, todas as outras coisas se perdem. Sejam o sal da terra e a luz do mundo. Não temam em abrir o coração, sejam profetas, conhecedores da doutrina, da verdade e da experiência. Cresçamos em sabedoria diante de Deus e dos homens. Amem a Deus, os sacramentos e seus pastores como autênticos servos de Deus, cheios do Espírito Santo. Levem a verdade – não por outros caminhos –, a não ser por meio do Evangelho de Jesus.
Que assim seja. Amém.
Pe Roberto Lettieri
24/05/2007 – 14h30
FONTE:http://saopio.wordpress.com
poster_peroberto_rezando

Quinta-feira Santa 24-03-2005 – Deus como alimento

Hoje, nessa solenidade profunda, onde o céu e a terra se unem para atualizar o Sacrifício de Cristo, quero começar essa pregação com as palavras que a Igreja concede a nós padres falar. E são essas: “Estando para ser entregue, Ele tomando o pão disse: ‘Tomai e comei, isto é o meu Corpo que será entregue por vós’. Depois, tomou o cálice e disse: ‘Tomai todos e bebei, este é o cálice do meu Sangue, o Sangue da nova e eterna aliança que será entregue por vós e por todos para a remissão dos pecados’. E disse ainda ‘Fazei isto em memória de mim”.
Nesse ano eucarístico, dentro de nossa alma tem que estar vivo o desejo de adorar o Senhor. A Quinta–feira Santa é a última noite mortal do Filho de Deus. Ele nos deu o Seu próprio Corpo e Sangue. Jesus não brincou. Ele deu à Igreja o sacrifício perfeito.
Ele, como criador, toma o pão que é criado. E ele transubstancia o pão, e dá à Igreja.
Posso cantar com a minha vida essa beleza de que quem come o corpo do Senhor terá a vida eterna. O Sacrifício de Cristo é a sua salvação, mas isso não te pertence, pertence à Igreja, e ela O guarda e nos dá essa graça. Ela diz: “Filho, vem e eu vou dar a você verdadeiramente o Corpo e o Sangue de Jesus”.
Eu vos pergunto: O que podemos fazer sem a Igreja? Para onde vamos sem ela? Não basta ler somente a Palavra de Deus e esquecer que a Missa contem o sentimento, contem a sua carne vivificadora que dá a vida .
24_03_05_peroberto_01
Mas, muitos católicos não sabem o valor da Santa Missa e acabam comparando a Santa Missa com qualquer outra reunião de outras Igrejas. E como não falar da traição de Judas? Traição dolorida, que custou a Ele. Jesus tem sentimento e te digo: você não comunga um Deus morto, você comunga um Deus sensível e que sofre no altar quando vê seus filhos O traindo.
Precisamos combater da nossa alma qualquer tipo de traição. Jesus Sacramentado não perece devoção, Ele merece toda adoração da nossa alma.
Hoje, lembramos dos Padres que foram embora e deixaram o Cálice. Sacerdotes que não agüentaram o peso do Cálice. O padre é uma pessoa de reparação e com o tempo, o Cálice vai pesando. E quantas paróquias estão sem padre, porque muitos padres não querem mais celebrar o Santo Sacrifício.
Mas eu te peço, leigo, que olhe para o padre como um homem santificador, que luta para dar à Igreja o sacrifício redentor. Digo que sem a missa o mundo vai perecer, e se a ira de Deus não caiu sobre o mundo é porque existem comungantes que adoram Jesus com a alma.
A fé católica é muito linda. Quando comungamos estamos comungando o Corpo de Jesus.

Por isso, católicos, vocês precisam ter pela graça de Deus um coração adorador. O pregador tem que ter autoridade de falar se não o demônio rouba as ovelhas.

Ninguém pode dizer que na hora da Missa o Sangue de Jesus não está ali. A Igreja precisa que você pregue com o seu sangue e não como uma pessoa que vai à Missa de qualquer maneira.
E podemos gritar com toda as nossas forças que Deus é o nosso alimento. Quero agradecer a Jesus porque essa Quinta-feira Santa é o primeiro dia que prego aqui no Centro de Evangelização. E isso é um presente de Deus para mim e um presente meu para Ele.
Quero partilhar com vocês o que aconteceu nesse retiro de quaresma que passei somente com Jesus. Em um dos dias, na hora da proclamação do Evangelho, as lágrimas vieram aos olhos, porque senti todo seu amor por mim, principalmente na hora da Santa Missa.
Na hora da consagração, principalmente, eu sei que não sou eu e, às vezes, me pergunto onde estou e quem sou. Na hora da consagração chorei mais ainda, mas sou muito feliz por poder estar proclamando isso, e peço que Jesus possa me manter fiel até o fim. Eu disse a Jesus que O amo a cada Missa e que cada Missa é um ato de Amor intacto de Jesus. Foi isso que eu disse para Jesus naquela noite.
Termino dizendo que se um dia o meu sangue for derramado no altar, podem ter a certeza de que eu sou o padre mais feliz da face da terra que vocês já conheceram.
Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.
FONTE:http://saopio.wordpress.com